Blog Qualinova

COMO PREVENIR E TRATAR ESTRIAS08/04/2019



Estrias: marcas que surgem em nosso corpo e que incomodam nossa aparência! Como podemos prevenir e tratar elas?
Antes disso, vamos entender um pouco mais o que são as temíveis estrias.
A estria é uma pequena lesão na pele que surge quando há o rompimento das fibras elásticas e colágenas, que possuem a função de sustentar a camada intermediaria da pele.
Elas acabam surgindo quando ocorre o estiramento da pele de forma brusca. Pode acontecer quando há ganho de peso em pouco tempo ou no período gestacional, por exemplo.
Mas elas também podem aparecer durante a puberdade, devido ao crescimento acelerado. Além disso, excesso de exercícios físicos, uso prolongado de corticoides e o uso exagerado de anabolizantes também podem contribuir para o aparecimento das estrias.
Pode parecer que esse é um problema feminino, pois as estrias aparecem com mais frequência nas mulheres, mas os homens também são propensos a ter elas. Normalmente, elas surgem no quadril, abdômen, seios, ombros, coxa, parte interna do bíceps e nádegas. 
Como as estrias abalam a autoestima devido a questões estéticas, é normal a procura por procedimentos que combatam esse problema. 
As estrias podem ser classificadas de acordo com a tonalidade:
Estrias rosadas: são estrias mais recentes.
Estrias esbranquiçadas: lesões mais antigas que já estão cicatrizadas.
Veja algumas dicas que podem prevenir o surgimento das estrias:
• Mantenha o peso saudável.
• Consuma bastante água, pois assim se manterá hidratado.
• Utilize hidratante para a pele, massageando, assim estimulará o crescimento de novas camadas de tecido.
Mas o que fazer se já tem estrias? Existe um tratamento para cada tipo de estria.
Quando a estria é rosada, que é uma lesão recente, esfoliações da pele e creme para estrias são boas opções.
Quando a estrias já está cicatrizada, é preciso investir em tratamentos mais profundos, como aqueles que utilizam aparelhos de microcorrentes
Esse tratamento é dividido em duas etapas. Na primeira etapa é feito pequenos furinhos na pele, que aumentam a oxigenação e a produção de leucócitos, reparando as estrias. Na segunda etapa, são emitidas pequenas descargas de corrente elétrica, que estimulam a renovação da pele, aumentando a elastina, o colágeno e outras fibras. 
Para que o tratamento tenha o resultado final desejado, são necessárias 20 sessões, em média.  Após as sessões é recomendado evitar tomar sol, utilizar esfoliantes e coçar, pois, poderia interferir na qualidade do tratamento.
O objetivo dos procedimentos para tratar as estrias é estimular o crescimento de uma camada de tecido fibroso mais firme, elástica e com mais colágeno.
Mas também é importante lembrar que para um tratamento ter o resultado desejado, é necessária uma correção interna. 
Consumir colágeno auxilia na cicatrização de tecidos, ajuda a manter a hidratação e a resistência da pele, auxiliando na prevenção das estrias. 
Colágeno Líquido Qualinova, a sua fórmula de beleza!
 

Leia Também




Comentários